Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Cursos > Pós-graduação Lato Sensu em Internet das Coisas > Especialização em Internet das Coisas
Início do conteúdo da página

Especialização em Internet das Coisas

Publicado: Quinta, 16 de Setembro de 2021, 14h15 | Última atualização em Quinta, 07 de Julho de 2022, 16h27 | Acessos: 387

DURAÇÃO DO CURSO

3 semestres

 

PERÍODO DO CURSO

 Sexta-feira (Noturno) e Sábado (Diurno)

 

COORDENADOR DO CURSO

Márcio Andrey Teixeira

 

CONTATO

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

(17) 3524-9725

Obs: contato exclusivamente por e-mail durante a pandemia de COVID-19

 

 

CONHECIMENTOS DO CURSO 

O curso de Especialização em IoT é dividido em 3 semestres, onde cada semestre apresenta conhecimentos essenciais para o desenvolvimento do aluno. A descrição dos Grupos de Conhecimentos, bem como os conhecimentos essenciais desenvolvido em cada Grupo de Conhecimento é descrito a seguir:

Grupo de Conhecimentos

Conhecimentos essenciais

Redes de Computadores, Protocolos de Comunicação para IoT, Segurança de Redes e Tópicos avançados em IoT.

No primeiro semestre serão abordados os conceitos e arquiteturas de redes de computadores, tipos de protocolos que são utilizados em redes e as tecnologias de redes atualmente utilizadas. A disciplina “Protocolos de comunicação para IoT” abordará os protocolos de comunicação específicos para IoT. As questões de segurança de redes como também segurança em IoT também serão abordados na disciplina “Segurança de Redes para IoT”.

Eletrônica básica para prototipação com microcontroladores, Plataformas de prototipação para Internet das Coisas, Gerenciamento de projetos de tecnologia, Banco de Dados para Aplicações de IoT, Inteligência Artificial

No segundo semestre serão abordados os conceitos de eletrônica básica na disciplina “Eletrônica básica para prototipação com microcontroladores”. Serão passados para os alunos os conhecimentos básicos necessários para elaborar e criar protótipos para serem utilizados em sistemas que utilizem Internet das Coisas. Esses conhecimentos serão aprofundados na disciplina “Plataformas de prototipação para Internet das Coisas”.

Big Data e Análise de Dados, Desenvolvimento de aplicações móveis, Desenvolvimento de Frontends, Interação Humano Computador

No terceiro semestre, estão alocadas disciplinas que visam o desenvolvimento de sistemas para IoT. Conceitos sobre o desenvolvimento utilizando Inteligência Artificial e Big Data serão abordados. Com isso, os alunos poderão utilizar todos os conceitos e conhecimentos adquiridos desde o primeiro semestre para desenvolver sistemas para Internet das Coisas utilizando tecnologias de vanguarda

Gestão de Projetos

Conceito de projeto. Ciclo de vida do projeto. Planejamento e gerenciamento do projeto. Alocação de recursos para um projeto. Gestão de equipes. Gestão de custos. Execução do projeto. Sustentabilidade. Qualidade e conformidade. Fechamento do projeto. Ferramentas de gestão e controle.

 

 
ÁREA DE ATUAÇÃO

Perfil do Profissional

A IoT (Internet of Things) vem cada vez mais ganhando espaço não só na área acadêmica, mas também no mercado, pois visa otimizar processos e tarefas no nosso cotidiano. Assim, podemos considerar que a Internet das Coisas propõe conectar com a Internet os dispositivos, equipamentos e coisas que utilizamos no dia a dia. Isso auxilia no desenvolvimento de equipamentos, carros, casas, fábricas e cidades inteligentes. Grandes e pequenas empresas de base tecnológica se movimentam para explorar o mercado de IoT. No último ano, houve um crescimento significativo de projetos envolvendo inovações em Internet das Coisas. Por exemplo, existem várias startups que desenvolvem soluções em IoT aplicadas a serviços de saúde, rastreamento de veículos, manejo de gado, automação predial Indústria 4.0, gestão de energia, entre outros. 

Conhecimentos, habilidades e competências técnicas: Aquelas que serão construídas ou desenvolvidas pela atividade curricular a partir das habilidades pessoais, dos conteúdos apresentados pelas disciplinas e das práticas exercidas no decorrer do curso. Dentre elas são enfatizadas:


  • O desenvolvimento e a competência profissional dos discentes tendo em vista a evolução da Tecnologia da Informação;
  • Oferecer conhecimentos sobre o estado da arte em novas tecnologias de prototipação e desenvolvimento de projetos em IoT, para capacitação nas tendências tecnológicas e estratégicas, focadas em um mercado em transformação;
  • Analisar as principais ferramentas, protocolos de comunicação, linguagens de programação e dispositivos eletroeletrônicos utilizados no projeto de sistemas embarcados inteligentes, atualmente denominados de Internet das Coisas (IoT).
  • Aprender as principais técnicas de desenvolvimento de microcontrolador utilizando kits didáticos, ferramentas de software e técnicas de programação de MCUs e MPUs específicos para Internet das Coisas.
  • Incentivar a produção de novas soluções através de protótipos para a solução de problemas cotidianos.
  • Articular os benefícios e as especificidades e as concepções do processo avaliativo e das experiências dos protótipos desenvolvidos.

Habilidades inter-pessoais: Aquelas que serão desenvolvidas e aprimoradas mediante a interação com os pares e com os professores, no curso, e com profissionais da área em atividades extra-curriculares, como seminários, workshops, entre outras possíveis:


  • Habilidade de comunicação;
  • Habilidade de trabalho colaborativo;
  • Habilidade de resolução de problemas em grupo.
 
 
EGRESSO

A Internet das Coisas elevará a utilização da tecnologia a um novo nível, e a procura por esse tipo de profissional, que seja realmente especializado, será muito grande. O egresso terá possibilidades de trabalhar no desenvolvimento de projetos baseados em Internet das Coisas, sistemas embarcados, TI ou até mesmo na gestão de equipes multidisciplinares na área.

 

ATIVIDADES DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

Ensino

A especialização em IoT tem como característica aliar os conceitos teóricos ministrados em sala de aula com atividades práticas, onde tais práticas acontecem em laboratórios com equipamentos específicos para o curso. Além disso, são utilizados kits educacionais e palestras com profissionais que trabalham na área de IoT. Com isso os alunos conseguem aplicar a teoria com a prática, melhorado assim a abstração do conhecimento das disciplinas ministradas.  

 

Pesquisa

Os professores orientadores possuem formação sólida e experiência com pesquisas. Com isso, várias pesquisas são desenvolvidas pelos alunos da Especialização em IoT, tendo como foco a pesquisa aplicada, onde os alunos utilizam os conceitos aprendidos no curso para o desenvolvimento de novas aplicações, fomentando assim a inovação tecnológica.     

 

Extensão

Estudantes do curso de IoT e a comunidade externa podem participar dos eventos e atividades de extensão. Os principais eventos oferecidos anualmente para os alunos do curso são:

 

  • Flisol (Festival Latino-Americano de Instalação de Software Livre) (link para páginas com fotos)
  • Arduino Day (link para páginas com fotos)
  • SNCT (Semana Nacional de Ciência e Tecnologia) (link para páginas com fotos)
  • SC (Semana da Computação) (link para páginas com fotos)
  • Maratona da Programação (link para páginas com fotos)

 

 O Câmpus Catanduva também oferece outras atividades artísticas, culturais, sociais, desportivas, entre outras.

 
 
ESTÁGIO

O Estágio Curricular Supervisionado é considerado o ato educativo supervisionado envolvendo diferentes atividades desenvolvidas no ambiente de trabalho, que visa à preparação para o trabalho produtivo do educando, relacionado ao curso que estiver frequentando regularmente. Assim, o estágio objetiva o aprendizado de competências próprias da atividade profissional e a contextualização curricular, objetivando o desenvolvimento do educando para a vida cidadã e para o trabalho. Para realização do estágio, deve ser observado o Regulamento de Estágio do IFSP, Portaria nº. 1204, de 11 de maio de 2011, elaborada em conformidade com a Lei do Estágio (Nº 11.788/2008), dentre outras legislações, para sistematizar o processo de implantação, oferta e supervisão de estágios curriculares.


A Coordenação de Extensão do campus é responsável pelo estabelecimento de convênios entre o IFSP e as empresas que abrigarão os alunos durante seus estágios e, para isso, possui regulamentação própria no que tange à documentação e procedimentos necessários, estando esses últimos descritos em documento específico disponibilizado por ela aos estudantes e às coordenações de área.

 
 
DOCUMENTOS
 
 
Fim do conteúdo da página