Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Sobre o Câmpus
Início do conteúdo da página

Sobre o Câmpus

Publicado: Terça, 15 de Agosto de 2017, 09h56 | Última atualização em Quarta, 27 de Abril de 2022, 15h39 | Acessos: 353

A autarquia federal de ensino Instituto Federal de São Paulo foi fundada em 1909 com o nome Escola de Aprendizes Artífices e é reconhecida pela sociedade paulista por sua excelência no ensino público gratuito de qualidade. Durante seus 103 anos de história, recebeu, também, os nomes de Escola Técnica Federal de São Paulo e Centro Federal de Educação Tecnológica de São Paulo. Com a transformação em Instituto, em dezembro de 2008, passou a ter relevância de universidade, destacando-se pela autonomia.

Com a mudança, o Instituto Federal de São Paulo passou a destinar 50% das vagas para os cursos técnicos, 30% das vagas para os cursos de Tecnologias e Engenharias e, no mínimo, 20% das vagas para os cursos de licenciatura, sobretudo nas áreas de Ciências e da Matemática. Complementarmente, oferece cursos de formação inicial e continuada (FIC) e pós-graduação.

O IFSP é organizado em estrutura multicampi e possui aproximadamente 22 mil alunos matriculados nos 28 campi e mais de 4 mil alunos distribuídos nos 23 polos de educação a distância divididos pelo estado de São Paulo. O Câmpus Catanduva teve autorização de funcionamento através da Portaria MEC n.º 120, de 29/01/2010. O Campus fica localizado no município de Catanduva, a 385 km da Capital, na região noroeste do Estado de São Paulo, na Avenida Pastor José Dutra de Moraes, 239 – Distrito Industrial Antônio Záccaro. A implantação do IFSP Câmpus Catanduva é resultado dos esforços da Prefeitura de Catanduva, da Reitoria do IFSP e do Ministério da Educação (MEC), que, conhecedores das necessidades da região, cujas principais atividades econômicas são a indústria e a agricultura, implementaram a escola oferecendo cursos nas áreas de Mecatrônica, Fabricação Mecânica, Informática e Química.

O Câmpus Catanduva iniciou suas atividades em 16 de agosto de 2010, e atualmente, oferta vagas para cursos técnicos integrados ao ensino médio, técnico concomitante/subsequente, superiores e pós-graduações, além de cursos de curta duração.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página